Tribuna Livre lança projeto de jornalismo para estudantes

Para aumentar o público leitor de jornais e ainda oferecer aos jovens uma pequena experiência sobre o jornalismo, o Tribuna Livre lança a partir de julho, o primeiro projeto de jornalismo colaborativo da região. Em parceria com as escolas públicas ou privadas interessadas o projeto ‘Jornalismo nas Escolas’ pretende escolher estudantes para que produzam um jornal a partir de suas próprias experiências. As reportagens produzidas pelos alunos serão publicadas em encarte especial no mês de setembro. A iniciativa pode se repetir em outros períodos.
— Foi uma ideia que surgiu durante uma conversa sobre a importância dos jornais. Apesar de todas as discussões sobre papel, ainda há um público leitor jovem que pode ser alcançado pelo hábito da leitura — acredita o jornalista Klauber Valente.
Seleção — O projeto deverá ser abraçado pela escola interessada, envolvendo não apenas os estudantes diretamente mas a comunidade escolar. Para ser escolhida como sede do projeto, as escolas deverão elaborar uma pré-pauta, com os temas que gostariam de abordar no jornal especial. Esses temas serão avaliados por uma comissão independente escolhida pelo Tribuna Livre. Depois de escolhida a escola, serão oferecidas ainda informações e orientações para que os estudantes possam cumprir as pautas sugeridas.
— Minha ideia é que as escolas que já fazem trabalhos de leitura possam se interessar. Havendo interesse a escolha da unidade será muito mais fácil — acredita Klauber.
O cronograma do projeto prevê que em setembro as matérias e fotografias apuradas e escritas pelos estudantes sejam publicadas em edição especial do Tribuna Livre, sem nenhum custo para as escolas participantes.

VEJA COMO PARTICIPAR

1. Acesse o site tribunalivreangra.com.br e leia todo o regulamento (abaixo). Isso é importante para compreender as etapas seguintes.
2. Elabore uma pré-pauta, indicando que temas e assuntos poderiam ser abordados no jornal da sua escola. Os estudantes deverão ser capazes de escrever sobre os assuntos indicados, usando fontes e fazendo entrevistas.
3. Envie sua pré-pauta para o e-mail jornalismo@tribunalivreangra.com.br. É importante observar o prazo limite para o envio.
4. A pré-pauta deverá conter o nome dos estudantes que a elaboraram e também o nome de pelo menos um (1) professor orientador, com todos os dados para contato.
5. Mais de uma turma de uma só escola ou de mais de uma série escolar, poderá sugerir pautas. É proibido, porém, que um mesmo projeto sejaapresentado por alunos de escolas diferentes.
6. A escola selecionada serádivulgada na edição de julho do Tribuna Livre.
7. Após a escolha, os estudantes receberão orientações sobre as pautas sugeridas e deverão enviar todo o material apurado até o dia 15 de setembro de 2017.

Projeto Tribuna Livre / Jornalismo nas Escolas

Regulamento | 2017

1. Sobre o Projeto
1.1 O Projeto Tribuna Livre / Jornalismo nas Escolas visa incentivar jovens estudantes a elaborar e desenvolver pautas de conteúdo jornalístico relacionadas ao dia a dia de suas comunidades e das cidades de Angra dos Reis e Paraty, no litoral sul fluminense. Por meio dessa iniciativa, o jornal Tribuna Livre busca estimular nos jovens o interesse pela escrita e leitura de jornais.

2. Disposições Gerais
2.1 O Projeto Tribuna Livre / Jornalismo nas Escolas será aberto para estudantes de escolas públicas e/ou particulares das cidades de Angra dos Reis e Paraty, que estejam cursando a partir do 5º ano até o ensino médio.

2.2 O projeto de pauta para o jornal aprovado será publicado pelo jornal Tribuna Livre em setembro de 2017, sem custo algum para a escola escolhida. O projeto escolhido também será postado na página do Facebook do Tribuna Livre.

2.3 A participação no Projeto Tribuna Livre / Jornalismo nas Escolas é voluntária e gratuita, não estando condicionada, em hipótese alguma, qualquer tipo de remuneração aos participantes, sendo, portanto, de caráter exclusivamente cultural.

3. Das inscrições
3.1 As inscrições das escolas interessadas estarão abertas de 1º a 30 de julho de 2017, conforme o presente regulamento.

3.2 Para confirmar a inscrição, cada escola interessada deverá enviar sua proposta de pauta para o e-mail jornalismo@tribunalivreangra.com.br até a 0h do dia 30 de julho de 2017. Não serão aceitas sugestões de pauta após este horário em nenhuma hipótese. O horário a que se refere este item refere-se ao Horário de Brasília e vale como certificação o momento do envio do e-mail.

3.3 Cada proposta de pauta deverá indicar um estudante responsável e um professor orientador, com dados pessoais, inclusive número de telefone para contato.

3.4 Só será admitida uma PROPOSTA DE PAUTA por escola, mesmo que os alunos envolvidos na proposta sejam de diferentes períodos e/ou séries na mesma escola. Alunos de escolas diferentes não podem participar da mesma proposta de pauta.

3.5 Um mesmo professor orientador poderá ser responsável por mais de uma proposta de pauta, desde que sejam de escolas diferentes.

3.6 Não será permitida a troca de participantes nas propostas depois de efetuada a inscrição.

4. Da proposta de pauta
4.1 No ato da inscrição, a escola participante deverá enviar anexo ao e-mail manifestando interesse, uma PROPOSTA DE PAUTA para o jornal com as seguintes características:

a) Mínimo de 5 reportagens, de diferentes editorias/temas, sendo obrigatória uma reportagem com foco local, de preferência sobre o dia a dia da comunidade onde está situada a escola participante;
b) Descrição de fotografias, caso houver, que possam ilustrar as matérias citadas;
c) Sugestões de título para cada reportagem e breve descrição do tema a ser abordado.
d) Apresentação de como as pautas seriam desenvolvidas, inclusive pesquisas, redação, busca de personagens e fontes ou especialistas que poderão contribuir para a realização das matérias.
e) Prazo para conclusão das matérias: 14 de setembro de 2017.

4.2 O professor orientador deverá acompanhar as etapas da elaboração da PROPOSTA DE PAUTA, assim como a sua realização, caso seja a escolhida.

4.3 A PROPOSTA DE PAUTA será avaliada por uma Comissão de 5 (cinco) membros escolhida pelo jornal Tribuna Livre que terá ao menos um professor de português/literatura, um jornalista profissional e um fotógrafo. Será escolhida apenas UMA proposta de pauta para publicação nesta edição do projeto, conforme os critérios descritos no item 5 do presente Regulamento.

4.4 A PROPOSTA DE PAUTA deverá ser formulada exclusivamente para o meio JORNAL. Não serão consideradas propostas para outras mídias, incluindo endereços na Internet.

4.5 Todas as eventuais despesas com a produção das matérias serão de responsabilidade das escolas participantes e/ou dos próprios estudantes, cabendo ao jornal Tribuna Livre apenas os custos de diagramação do conteúdo e impressão em caderno especial encartado numa edição regular do jornal Tribuna Livre.

4.6 Não haverá pagamento de nenhuma espécie aos envolvidos no projeto.

4.7 As PROPOSTAS DE PAUTA e matérias devem observar critérios profissionais na sua execução e o Código de Ética do Jornalista (editado pela Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ) revelando competência e nível de conhecimento compatível com as exigências do mercado de trabalho e a responsabilidade social do jornalismo.

5 – Critérios de avaliação
5.1 Serão critérios de avaliação:

(i) ortografia, gramática, coerência, argumento, intelecção textual e conclusão das ideias;
(ii) adequação aos itens deste Regulamento, entendidos como a conformidade obrigatória entre o texto e os temas propostos;
(iii) originalidade e ineditismo. O texto não poderá ter sido publicado em quaisquer mídias ou participado em outros concursos similares.

5.2 Não serão aceitos textos que contenham palavras de baixo calão;

5.3 Serão sumariamente desclassificadas as PROPOSTAS DE PAUTA que:

(i) Venham sem descrição de fotos pretendidas;
(ii) não atendam aos requisitos anteriormente citados; e
(iii) não sejam entregues dentro do prazo fixado pelo jornal Tribuna Livre.

5.4 A decisão da comissão julgadora será soberana, não cabendo recursos de nenhuma espécie.

6. Produção da matéria
6.1 Entre 1º de agosto e 14 de setembro de 2017, os estudantes envolvidos na PROPOSTA DE PAUTA aprovada deverão produzir as reportagens e conteúdo fotográfico sugeridos.

6.2 Cada escola deverá elaborar suas matérias sob a orientação de espaço do jornalista-mentor indicado pelo jornal Tribuna Livre.

6.3 Todas as matérias (incluindo fotografias) sugeridas na PROPOSTA DE PAUTA deverão ser entregues impreterivelmente até o dia 15 de setembro de 2017.

7. Considerações finais
7.1 Ao se inscreverem, todos os participantes (mesmo que não sejam os escolhidos) autorizam automaticamente o jornal Tribuna Livre a utilizar, editar, publicar e reproduzir, por meio de seu site e de outros meios, inclusive publicitários, as imagens, conteúdos e qualquer informação contidas na PROPOSTA DE PAUTA, sem restrição de espécie alguma.

7.2 Os materiais solicitados no ato da inscrição e as sugestões de pauta não serão devolvidos, cabendo ao jornal Tribuna Livre o seu arquivamento ou utilização durante o período de 2 (dois) anos após a data de envio.

7.3 Este Regulamento prevalecerá sobre qualquer informação divergente que seja divulgada em relação ao projeto. Casos omissos serão resolvidos pelo jornal Tribuna Livre em caráter definitivo, não passíveis de recurso.

7.4 Fica eleito o foro de Angra dos Reis (RJ) para dirimir quaisquer dúvidas sobre o presente Regulamento.