Marcelo Matos defende mais segurança para interior do Rio

O empenho do deputado federal Marcelo Matos (PHS/RJ) para enfrentar a violência crescente no Estado do Rio de Janeiro é diário. Depois de algumas importantes vitórias, como a vinda das Forças Armadas para o estado e as operações especiais da Polícia Rodoviária Federal, por exemplo, ele agora também cobra mais atenção para as cidades do interior.

No final de agosto, o parlamentar aproveitou reunião da comissão de Segurança Pública e combate ao crime organizado da Câmara dos Deputados para fazer um apelo relacionado ao interior do Estado do Rio de Janeiro.

— Peço ao governador que reveja o projeto das Polícias Pacificadoras (UPPs) e desloque homens para o interior do Rio, que também vive em clima de guerra, graças à migração de bandidos. O caso da turista inglesa em Angra dos Reis apenas serviu para expor internacionalmente uma situação que é vivida por todos naquela região — disse o deputado.

Marcelo Matos credita à migração de bandidos da capital, o aumento dos índices de violência em regiões antes aprazíveis, muita delas com grande potencial turístico. Só no ano passado, foram nada menos que 94 homicídios em Angra, sendo 76% deles com armas de fogo. O mesmo problema vivem as cidades vizinhascomo Mangaratiba, Paraty, Itaguaí e Rio Claro.

— Sei que a missão de deter a violência no Rio é imensa e são muitos os focos a combater. Mas famílias perderam a sua paz, pessoas estão morrendo. E não podem esperar mais — desabafou Marcelo Matos.

Fotos: Divulgação

Siga-nos no Facebook

Esta matéria foi publicada antes na edição nº 191 do Tribuna Livre.

GOSTOU DESTE TEXTO?

Assine o jornal Tribuna Livre e receba em casa a nossa edição impressa. Clique aqui e saiba como.