Enel substituirá o sistema de distribuição de energia no Centro Histórico de Paraty

Uma situação que incomoda e tira o sossego dos moradores do Centro Histórico de Paraty começará a ser resolvida nos próximos dias pela concessionária de energia Enel. Na última quinta-feira, 9, a prefeitura de Paraty convidou os moradores para um encontro na Casa da Cultura (foto), em que a empresa de energia apresentou uma solução para os problemas da falta de energia elétrica e quedas de abastecimento que são constantes no bairro.

Coordenador do encontro, o vice-prefeito Luciano Vidal (PMDB) esclareceu que o problema já dura vários anos, com muitas queixas da população. O sistema de distribuição de energia subterrâneo no Centro Histórico inunda com frequência nas marés altas, causando interrupção no fornecimento e até mesmo risco de choques, segundo os moradores, o que é descartado pela empresa.

Pelo projeto de recuperação do sistema de distribuição local apresentado pela Enel, pelo menos 20 bueiros serão reformados de imediato. Um novo sistema de isolamento será instalado e o contato da fiação com a água do mar será minimizado, evitando os desligamentos. A obra deve durar cerca de 40 dias e será feita em etapas.

A Enel prometeu começar os reparos logo após o feriado de 20 de novembro. Durante esse período, trechos do Centro Histórico terão o abastecimento de energia suspenso de forma programada para as trocas. A empresa e a prefeitura contam com a compreensão da população.

— Estamos chegando a uma excelente solução. A gente cobra mas também tem que reconhecer quando preciso. E o trabalho da Enel nesta questão, quando concluído, merecerá os elogios da prefeitura — disse Vidal, lembrando que a rede de distribuição atual foi construída há 12 anos e sofre com a depreciação natural dos equipamentos.

Subestação de energia do Patrimônio já funcionando

A empresa de distribuição de energia Enel (antiga Ampla) inaugurou na segunda-feira, 13, em Paraty, a nova subestação localizada na comunidade do Patrimônio. Com potência instalada de 7,5 MVA, a nova unidade contribuirá para o aumento da capacidade do fornecimento de energia para Paraty e localidades do entorno. Até março de 2018, haverá outro acréscimo de 5 MVA à subestação, totalizando 12,5 MVA de capacidade e ampliando ainda mais a confiabilidade da energia distribuída para a região. A companhia investiu R$ 16,1 milhões na construção do empreendimento. A inauguração contou com a presença do presidente da Enel Rio, Ramón Castañeda, além de autoridades locais.

A subestação de Patrimônio beneficiará 12 mil clientes das regiões de Patrimônio, Trindade e Laranjeiras, entre outras localidades. Para conectar a subestação à rede de distribuição de energia, a Enel construiu 20 quilômetros de linha de transmissão de 34,5 kV e instalou 319 novos postes.

Nos últimos meses, a Enel Distribuição Rio inaugurou outras subestações em Angra dos Reis e Duque de Caxias, beneficiando cerca de 25 mil clientes das regiões. As novas subestações integram o Plano de Qualidade da Enel, iniciado há dois anos e que já apresenta resultados, como a melhoria em cerca de 30% nos indicadores de qualidade da companhia.

Siga-nos no Facebook

Publicado antes na edição 197 do jornal Tribuna Livre.

GOSTOU DESTE TEXTO?

Assine o jornal Tribuna Livre e receba em casa a nossa edição impressa. Clique aqui e saiba como.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *